A pessoa com trombose precisa fazer alguma cirurgia nas veias? (Parte 2)

Posted on

Essa remoção das veias, naturalmente é feitas através de pequenas incisões (cortes), que geralmente variam de 1 a 3mm de extensão, dependendo do diâmetro da veia.

Essa intervenção, chamamos de flebectomia (muitas vezes chamada erroneamente de “microcirurgia”), e quanto quanto maior a quantidade de veias, maior o número de incisões. Hoje, até em cirurgias envolvendo a retirada da safena ou tratamento com laser ou radiofrequência utilizo esta anestesia. Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais. As pequenas veias e capilares danificados das pernas permitem o extravasamento das hemácias (glóbulos vermelhos) que, ao sofrerem destruição, liberam seus pigmentos vermelhos que acabam por se depositar na pele. – Cirurgia a Laser para varizes: usada também em pequenas varizes e teleangiectasias, consiste na destruição destes pequenos vasos através da aplicação de Laser. As varizes podem implicar problemas mais graves quando não tratadas, com recurso ao tratamento convencional ou à operação às varizes, quando tal se justifica. O tratamento cirúrgico é indicado para tratar as varizes (veias doentes, tortuosas, alongadas e elevadas) e não para tratar os vasinhos. “Nos piores casos, em veias maiores e verdes, o melhor é operar”, recomenda Guilherme. A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz.

Espuma densa no tratamento de varizes de membros inferiores, o avanço de uma técnica barata e simples

  • Fazer exercícios regularmente;
  • Evitar estar acima do peso;
  • Avaliar a possibilidade de não tomar a pílula anticoncepcional;
  • Evitar ficar muito tempo sentado ou em pé, parado.

Esta operação também é conhecida como cirurgia tradicional e é utilizada no caso de varizes mais profundas ou grandes.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail: Qual o melhor tratamento para varizes: laser, espuma ou cirurgia? No que se refere a cirurgia de varizes, na qual a abordagem envolve os membros inferiores, o tipo de anestesia vai depender do porte da cirurgia. Analisando o histórico, a cirurgia de varizes era feita com raqui anestesia inicialmente. “No dia 18, foi chamada para a cirurgia de remoção das varizes nas duas pernas”, diz a irmã, Ana Santos. Existem diferentes tipos de varizes nos membros inferiores. O mecanismo fisiológico de ajuda à circulação sanguínea na posição em pé falha e as veias vão cedendo e dilatando, dando lugar ao aparecimento de varizes nos membros inferiores. Os médicos dizem quais são os procedimentos mais comuns para tratamento de varizes: Cirurgia - as cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. Além disso, existem diferentes tipos de cirurgia para retirar varizes, sendo que nenhuma garante um resultado 100%. Pode variar de alta no mesmo dia da cirurgia, nas cirurgias menores realizadas com anestesia local, até alguns dias, quando ocorre alguma complicação.

Se algum médico indicou uma cirurgia de varizes para você, não se assuste, é muito mais simples do que você imagina!

  • Localização das varizes;
  • Tamanho e extensão das varizes;
  • Refluxo venoso;
  • Entre outros fatores.

Quando a cirurgia envolve a retirada de apenas algumas veias colaterais e as safenas não precisam ser retiradas, a anestesia pode ser local.

A maioria das vezes a cirurgia termina após a retirada de todas as veias. Após a retirada da veia, é feita uma compressão no local por onde a veia passava para evitar o acúmulo de sangue. O curativo da cirurgia de varizes é feito com pequenos pedaços de fita adesiva que fecham os orifícios de retirada das veias colaterais. O tratamento cirúrgico de varizes pode ser convencional ou a laser. Quando é feita a cirurgia a pele pode ficar perfeita, lisinha, mas durante a vida, outras varizes podem surgir. A atividade mais conhecida desta especialidade médico-cirúrgica é, sem dúvida, a esclerose (secagem) e a cirurgia das varizes dos membros inferiores. As técnicas cirúrgicas endovasculares das varizes dos membros inferiores por Laser e Radiofrequência e a cirurgia corretiva da hiperhidrose/hipersudorese são disso um exemplo. Conheça melhor os vários tipos de cirurgia de varizes, como se procede a recuperação no pós operatório, e ainda, quais os riscos de complicações envolvidos. A cirurgia de varizes é um tratamento que consiste em retirar completamente as varizes dos membros inferiores, existindo diversos tipos de procedimentos cirúrgicos diferentes.

  • Hematoma nas pernas;
  • Dores nas pernas;
  • Lesão dos nervos da perna;
  • Infecção das veias;
  • Hemorragia.

E se, mesmo assim, você não se convencer a operar suas varizes, mostrarei alguns à cirurgia.

Quando fazemos a cirurgia de varizes, retiramos apenas as veias que estão varicosas. Essas veias precisam ser amarradas (ou ligadas como dizemos no jargão cirúrgico) para evitar sangramentos e devido a isso às vezes seu fluxo fica interrompido e pode haver . Alguns fatores influenciam diretamente no tipo de cirurgia que será realizada, como: O cirurgião vascular é o médico preparado para fazer as cirurgias para varizes. Cirurgia tradicional para varizes A cirurgia tradicional para varizes é feita com ligadura ou remoção de veias. Microcirurgia e cirurgia com laser A Microcirurgia para varizes é feita em cerca de 30 minutos, com incisões para remover as veias danificadas. O laser endovenoso tem sido usado especialmente para tratamento de veias safenas defeituosas, podendo também tratar varizes de maior calibre. Tradicionalmente o tratamento aceito para veias varicosas era o tratamento cirúrgico tradicional, chamado de stripping. Outro tratamento menos invasivo é a fleboextração ou chamada de microcirurgia de varizes, que remove as veias do corpo através de pequenas incisões na pele. Pequenas punções são feitas e as veias são retiradas através de um gancho cirúrgico que parece uma agulha de crochê.

O tratamento de varizes pode ser feito com diversas técnicas com laser, espuma, glicose ou nos casos mais graves, cirurgia.

A recuperação da cirurgia de varizes depende da quantidade e do tamanho das veias que são retiradas. O tratamento médico e cirurgia de varizes são usados para remover as veias varicosas ou para fecha-las. Cirurgia de varizes a laser é tipicamente usada para tratar varizes pequenas. Essa cirurgia de varizes usa uma câmera minúscula ao final de um tubo fino que se move através das veias varicosas. Na flebectomia ambulatorial as pequenas veias varicosas são removidas através de pequenas incisões na pele. O objectivo principal na cirurgia de varizes é tratar primeiro a causa das varizes, na maioria dos casos incompetência das veias safenas. Na especialidade de pequenas cirurgias da pele já foi atendida 85% da fila inicial e na dermatologia geral 52%. As cirurgias de varizes devem ser realizadas sempre por cirurgiões vasculares, e os pacientes que podem se sujeitar a elas são aqueles cujos sintomas indicam doença mais complexa. Naquelas incisões que necessitam de pontos (quando há necessidade de retirada de veias safenas, ou grandes varizes), estes são em pequena quantidade e muitas vezes nem precisam ser retirados. Compartilhe twitter facebook Envie para um(a) amigo(a) A cirurgia de varizes é feita quando o tratamento não invasivo do problema não funciona, como meias compressoras e dietas específicas. A cirurgia de varizes tem como foco a retirada de veias dilatadas e consequentemente as varizes vão embora para sempre, elas não retornam. A cirurgia de varizes é uma forma de retirá-las e reconstituir as veias e vasos danosos no sistema circulatório. Há alguns tipos de cirurgia de varizes: desde retirada das veias maiores e danificadas até aplicações nesses vasos ou as cirurgias a laser. O tratamento de Cirurgia a Laser e da radiofrequência são mais indicados em casos das veias doentes tronculares, e veias de maior calibre como a veia safena. Varizes são veias nos membros inferiores que se apresentam dilatadas e tortuosas, em consequência de alterações na parede ou nas válvulas das veias. Sua retirada ocasiona a melhora na drenagem das veias dos membros inferiores e isso previne o aumento da doença. Varizes com indicação de tratamento cirúrgico Na cirurgia de varizes, as veias são retiradas por pequenas incisões escalonadas. Varizes mais grossas podem surgem por várias causas: Quando há o acometimento das veias safenas, muitas vezes se impõe o tratamento dessas veias.